13 junho 2017

Edificando com Deus

"Senhor, ninguém há como tu, e não há Deus além de ti, conforme tudo quanto ouvimos com os nossos ouvidos. [...] Agora, pois, Senhor, a palavra que falaste de teu servo e acerca da sua casa, seja certa para sempre; e faze como falaste. Confirme-se com efeito, e que o teu nome se engrandeça para sempre, e diga-se: O Senhor dos Exércitos é o Deus de Israel, é Deus para Israel; e fique firme diante de ti a casa de David, teu servo." (1 Crónicas 17:20; 23-24).

David não compreendia como é que ele morava num faustoso palácio e que o lugar de habitação de Deus fosse feito de "cortinas" (1 Cr 17:1). David queria mais, desejava construir uma casa para Deus. Inicialmente o profeta Natã disse a David para avançar, mas naquela mesma noite, Deus falou ao profeta dizendo-lhe que não seria David a edificar o templo, mas o seu filho, Salomão. Ao saber isto, David não ficou desapontado, antes, percebendo a sua inutilidade reconheceu: "Quem sou eu, Senhor Deus?" e irrompeu numa oração de louvor e gratidão a Deus. David ficou contente por perceber que Deus permitiria a construção do templo. O importante era que a vontade de Deus fosse feita e que o nome de Deus fosse engrandecido nessa edificação.

Deus continua hoje a edificar o seu templo, a igreja do Seu Filho Jesus. Essa edificação ocorre quando homens e mulheres se sujeitam à vontade de Deus. Quando verdadeiramente damos lugar à presença do Deus e quando engrandecemos o Seu único nome, tornando-o conhecido. Ele deseja usar-nos nessa edificação. Que assim seja.