19 junho 2017

O perfeito amor lança fora o temor

"No amor, não há temor; antes, o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor." (1 João 4:18).

Se nada pode separar um cristão do amor de Deus (Rm 8:35-39), temer o quê? Quem é amado e ama a Deus nada teme. Isto não significa que não podemos sentir receio perante situações ou circunstâncias dramáticas, nem quer dizer que tomemos uma atitude sobranceira e arrogante perante os outros e a vida, isto demonstra que quem confia no perfeito amor de Deus está sempre seguro. O amor de Deus é a nossa grande segurança. O nosso amor por Ele é muito fraco e inconstante, mas o amor de Deus por nós é portentoso e perene. Medos, temores e dúvidas demonstram que ainda temos que crescer muito no grande amor de Deus. O temor traz consigo a penalidade da inquietação, o perfeito amor lança fora o temor e dá-nos uma maravilhosa e inexplicável paz.