03 julho 2017

Descansar no Senhor Deus

"E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra, que Deus criara e fizera." (Génesis 2:3).

Um dia destes, a minha filha mais nova perguntou-me porquê é que Deus precisou de descansar no final da sua criação. Obviamente que Deus não estava cansado. Aliás, a Palavra não diz propriamente que Deus descansou, mas que Ele descansou de toda a sua obra. Ou seja, O Senhor parou e encerrou o ciclo criativo do universo que tinha começado anteriormente. Deus nunca se cansa. Graças ao seu nome, porque até agora Deus sempre tem trabalhado (João 5:17).

O dia de descanso foi separado e implementado, não para Deus, mas para o homem. Jesus esclareceu bem isso: "O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem, por causa do sábado" (Marcos 2:27). O princípio que extraímos do sábado é que o homem precisa e deve saber parar. Este descanso, é muito mais do que parar de trabalhar, é sossegar e confiar naquele que criou e santificou o descanso. A grande bênção do sétimo dia também é profética - aponta para o completo descanso futuro, onde estaremos totalmente rendidos diante da presença de Deus.