14 julho 2017

Vida simples

"E cresceram os meninos. E Esaú foi varão perito na caça, varão do campo; mas Jacó era varão simples, habitando em tendas." (Génesis 25:27).

Quem conhece a história de Jacó sabe que ele não foi isento de erros. Este versículo, contudo, revela uma característica interessante dele: ao contrário do seu irmão Esaú que gostava de grandes aventuras, Jacó era um homem simples que gostava de estar em casa. Homem simples, no sentido de "contido", "sossegado", "pacato", "calmo". A paráfrase O Livro diz que Jacó "tinha um feitio sossegado e preferia ficar em casa." Obviamente que ser mais sossegado e caseiro não livra ninguém de cometer falhas, mas o facto de escolher viver de forma simples e pacata é capaz de ser melhor do que viver de forma complicada e alterada. É verdade que uma personalidade mais serena pode, por vezes, recear novos desafios, mas a simplicidade na vida parece-me mais benéfica que nefasta. Muitos dos problemas das pessoas derivam das grandes complicações que elas próprias se meteram: ambição desmedida, aventuras irreflectidas, necessidade de adrenalina, reacções intempestivas e tantas outras coisas. A melhor simplicidade na vida é desfrutar da vida simples que há em Cristo.